Monitorar a concorrência
para vencer a guerra
do E-Commerce

Para se tornar líder entre os E-Commerce, é preciso lidar com diversas variáveis.

<

Monitorar a concorrência
para vencer a guerra
do E-Commerce

Para se tornar líder entre os E-Commerce, é preciso lidar com diversas variáveis.

Por: Redação - GTC
em 28 de março de 2017

É preciso muito esforço, qualidade no atendimento ao cliente, disputar pelo preço mais baixo e principalmente, estratégia eficiente de negócio.

Sun Tzu já dizia: “a habilidade de alcançar a vitoria mudando e adaptando-se de acordo com o inimigo é chamada de genialidade”. Como então me adapto de acordo com os movimentos de meus rivais?

person-wiew-whith-a-binoculars

Alguns estrategistas irão dizer que monitorar seus concorrentes e parar de olhar para o próprio umbigo é dar de ombros para o seu negócio, mas esta atenção extra ao que ocorre fora de sua empresa é basicamente o contrário deste suposto desdém.

É preciso pensar na concorrência como se fosse o seu próprio negócio, mapeando todas suas estratégias e, assim, ataca-la em seus pontos fracos, escolhendo melhor quais pontos a dar ênfase. Se seu rival falha no relacionamento com cliente, preço, comunicação, ou até nas redes sociais, é mais fácil definir sua estratégia. Mas aja com cautela, afinal seu rival também pode (e, em tese deve) estar monitorando e observando seus movimentos.

Antecipando movimentos…

Monitorar a concorrência te ajudará a antecipar seus movimentos, como reage a crise econômica atual e quais são seus pontos fortes e fracos. Logo, será possível entender a fundo seu funcionamento e assim ter insights de como seus rivais poderiam, em tese, melhorar. A partir deste conhecimento, usar as boas práticas do mercado e de sua área de atuação para melhorar seus processos, evitam cometer os mesmos erros de seus concorrentes.

Pilares de estratégia para monitorar seus concorrentes:

  • Preço

    Ao avaliar preços da concorrência, saberá se seus preços estão acima ou abaixo do que é esperado pelo cliente e praticado pelo mercado. Pode auxiliar a fazer pequenos ajustes na sua estratégia de venda.

  • Atendimento ao Cliente

    Seu e-commerce pode perder em preço em algumas ocasiões, mas no quesito de atendimento você deve se empenhar ao máximo para ser sempre o melhor. Marcas que cativam seus clientes independente do estágio da venda que ele estiver (pré ou pós-venda), tendem a fidelizar mais, já que, provavelmente, estes compradores confiarão mais nesta empresa do que na concorrente. Observe como seu rival atende os clientes nas redes sociais, por telefone e dentro do site. Tire o máximo de insights que puder do comportamento dele.

  • Presença digital

    Confira a nota e reclamações dos seus concorrentes no ReclameAQUI, veja em quais redes sociais ele está presente e se há blogs e sites comentando sobre eles. Você pode fazer isso utilizando ferramentas para monitoramento de redes sociais através de palavras-chave e monitorando canais específicos.

Seguindo esses passos, é possível levantar muitas informações sobre seus concorrentes que irão auxiliar muito na análise de dados e melhorar os processos internos da sua marca.

Por: Redação - GTC
em 28 de março de 2017

Se ainda não monitora seus concorrentes, não fique para trás, pois ele esta de olho em você. 
Fale com a GTC!

Vamos Conversar :-)

Posts Relacionados

Mercado

Por: Redação - GTC
em 9 de janeiro de 2018

Vantagens e
desvantagens de se
entrar em um Marketplace

O Marketplace é, nada mais nada menos, que um shopping center virtual. Nele, é possível encontrar produtos de diferentes marcas e fornecedores. E-commerces como o da Magazine Luiza, Dafiti, Lojas Americanas e Kanui são ótimos exemplos, uma vez que possuem produtos de diferentes fabricantes.

+
Mercado

Por: Redação - GTC
em 6 de dezembro de 2017

Histórico glorioso não garante futuro de sucesso

Durante muitos anos, ouvimos nas arquibancadas dos grandes estádios de futebol e, inclusive, nas mesas redondas que debatem fervorosamente sobre o tema, pessoas falando das grandes conquistas de times de futebol que hoje já não atuam da mesma forma, ou já não conquistam títulos expressivos há algum tempo. 

+
Performance

Por: Redação - GTC
em 26 de outubro de 2017

Como o bom humor vai salvar as interações entre marcas e clientes?

O novo perfil do consumidor está mudando significativamente as formas de atendimento e resolução de problemas que, o tempo todo, se renovam e buscam novas formas de corresponder expectativas.

+
Parceiro Google